terça-feira, 19 de junho de 2012

MEMO. Do rádio que passou, a fotografia

.
Quem não se lembra do velho estúdio das primeiras FMs? Uma enorme cartucheira com as músicas e anúncios, além de um velho picape para rodar antigos long-plays e standards em 45 rotações. Hoje, mudou muito... 

2 comentários:

Flavio disse...

Lembro da minha primeira visita (aventura) a Rádio O Povo, foi emocionante, ver pessoalmente os caras que falavam na "caixinha", foi naquele dia que me apaixonei por rádio AM, os estúdios da FM pareciam uma anti-sala de sanatório, o Jorge Canalíto, gritava como um louco, e em movimentos rápidos pegava discos, apertava botões, atendia telefone ainda tentou me dar atenção, muito educado, mas o ritmo do trabalho não permitiu. Então fui até o estúdio da rádio AM, bem mas calma, porem ainda longe de ser um lugar tranquilo, após observa longa e admiradamente, o Carlos Augusto, ele falou comigo;
CA - Ai garoto passeando?
FN - Não senhor, quero ser radialista!!
me deu a maior força, contou seu inicio na profissão e convidou para voltar outras vezes. " De quebra", na saída ainda vi o seu Nonato, ao lado um jarro grande na entrada principal da sede do O Povo, fumando feito caipora.

Ismael Luiz disse...

Bons tempos...velhos tempos...