sábado, 26 de março de 2011

NOMES. Atriz brasileira pula do 7º andar


Nada mais lamentável que o suicídio. O dessa atriz Cibele Dorsa é um exemplo. Deprimida com a morte de seu noivo, o apresentador Gilberto Scarpa, ocorrida em janeiro, a atriz pulou do sétimo andar de um prédio. Deixou uma carta revelada ao público pela Caras.

Insistimos: nada é mais inominável que o suicídio. Enquanto vivos, temos sempre alternativas de solucionar problemas. Sair de cena, via suicídio, é adentrar em mais um dilema. Somar dívidas, já que a morte não é o fim.

Um comentário:

Adenium - Rosa do Deserto disse...

Lamentável quando o ser humano chega a este ponto, isto me leva a crer na falta de Deus.