quinta-feira, 31 de março de 2011

JUSTIÇA. Tiririca condenado por racismo


Enquanto o País inteiro se indigna com o deputado Jair Bolsanaro, pela sua polêmica entrevista dada ao último CQC, a Justiça do Rio manteve a condenação a gravadora Sony Music por causa da música "Veja os cabelos dela", composta pelo agora deputado Tiririca (PR-SP).

A decisão confirma sentença de 2004 que estipulava indenização de R$ 300 mil. A Câmara determinou a correção monetária retroativa desde 1997, quando o processo foi ajuizado.
Trecho da música diz "Essa nega fede". A ação foi movida pelas ONGs Centro de Articulação das Populações Marginalizadas, Instituto das Pesquisas das Culturas Negras, Grupo de União e Consciência Negra e Instituto Palmares.

A gravadora, com quem Tiririca não tem mais contrato, diz que vai recorrer da decisão.

Um comentário:

Krys Rodrigo M. Gavin disse...

Eu acho gozado condenar o Tiririca racismo e não condenar o Beto Barbosa que canta Nega do Cabelo Duro isso é um absurdo.