quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

NOMES. A morte do ator John Herbert


A morte de John Herbert, 81, ocorreu hoje ao meio dia e meia. Vi a notícia no blog do Lauriberto e conferi no site do Jornal Hoje. Era um paulistano que fez cinema, teatro e tv.



Johnny como era conhecido ao tempo em que fazia par com Vivi (Eva Wilma, com quem foi casado) no "Alô, doçura" -, nunca foi lá um grande ator. Eu o achava muito caricato; mas ainda assim fez mais de 30 novelas, desde a velha Tupi. A última foi "As 3 Irmãs", de 2008 na Globo.

Morreu por causa de insuficiência respiratória. Enfisema pulmonar. Fumou muito, diga-se de passagem e que sirva de alerta para essas novas gerações.

4 comentários:

Leônidas Macêdo disse...

Senhor Nonato, escrevo para lhe passar como dica o trabalho do talentoso cineasta Ivan Guerrerro, que realiza filmagens que ele chama de Premake, realizando produções atuais com recursos um tanto quanto antiquados, o cinema atual não utiliza mais.

Não sei se estou sendo claro, mas dá uma sacada no link:

http://tinyurl.com/4rsxs7z

http://tinyurl.com/4rsxs7z
Talvez o link não direto, mas cole ele no espaço para endereço.

Vale a pena conferir

Anônimo disse...

Ele era um otimo ator ta querido
e se eu chegar aos 81 anos fumando ta otimo
o ayrton senna não bebia e não fumava e morreu novinho novinho
fui

Anônimo disse...

Caro amigo Nonato!O amigão Carlos Augusto voltou!
Mais agora na rádio Difusora de Mossoró 1.170 Am.
www.difusoramossoro.com
Dá uma olhada!

Um grande abraço!

Anônimo disse...

Não me parece um comentário coerente dizer que deve servir de alerta para novas gerações a morte de um homem que teve uma vida plena, duas mulheres, quatro filhos e morreu aos 81 anos, porque fumou muito! Francamente!!!