domingo, 28 de novembro de 2010

RIO. A mídia e a cobertura da operação

O papel da mídia na cobertura da operação do Rio de Janeiro

A mídia faz um trabalho correto na cobertura da tomada do Complexo do Alemão. GloboNews foi a primeira. Depois a RecordNews. A Globo teve que alterar sua programação diante da importância do episódio. A Record nacional fez a sua vez, muito embora a TV Cidade em Fortaleza preferisse priorizar o show do Jurandir Mitoso.

Na mídia digital cearense, o portal O Povo - surpreendentemente para uma manhã de domingo - amanheceu atualizando tudo. Passou a perna até mesmo no Jangadeiroonline, mais ágil em outras ocasiões. No CNews, nenhuma linha.

Mas o que me chamou a atenção foi a imagem do impresso de O Povo. O jornal coloca uma sugestiva foto na primeira página mostrando momento raro da operação das forças de segurança. O fotógrafo teve a sensibilidade de flagrar o blindado no momento exato em que uma mãe vai entregar o seu filho à Polícia. É a tradução exata de um instante em que os dois lados da guerra se deparam frente à frente. E o sucesso da operação dirá a quem pertence a vitória.

Nenhum comentário: