terça-feira, 27 de julho de 2010

Memória. Site lembra pai do 'Amigo da Onça''


Quem tem mais de 50 anos deve lembrar-se de 'O Amigo da Onça', personagem gráfico criado por Carlos Estevão na revista O Cruzeiro e cuja carreira foi interrompida por uma tragédia cometida contra sua própria vida. Há um site dedicado ao 'pai' do Amigo da Onça que antigos e novos podem acessá-lo AQUI.


Eu era pequeno, mas me lembro bem quando ia até a estação de trem em Acopiara para pegar o número novo de O Cruzeiro. Seu Justino, o carteiro do final dos anos 50 e início de 60, pegava aquele maço de jonais e revistas, retirava a edição que meu pai pagava e lá ia eu correndo levar a publicação dos Diários Associados.

O que mais me chamava a atenção eram as polêmicas reportagens de David Nasser e Jean Manzon. Lembro-me do caso 'A Fera da Penha'. 'O crime do Sacopã'. 'A morte de Carmen Miranda', além das leituras da Última Página, o artigo de Rachel de Queiroz.

Mas era a página do Carlos Estevão - seja com o personagem do Amigo da Onça - ou as tiras que ele criava como o "Acredite Querendo' ou "As aparências Enganam" que mais me atraíam.

Nenhum comentário: