terça-feira, 23 de março de 2010

Twitter. Tuiteiro pede assasinato de Obama


Contrariado, provavelmente, com a nova reforma do sistema de saude que acaba de ser votada nos EUA, um tuiteiro norte-americano resolveu reagir de maneira radical. Pediu abertamente o assassinato do presidente Barak Obama, ao tuitar:
Você deveria ser assassinado!! @BarackObama
Outro foi mais longe:
"Nós vamos acabar acertando uma bala na cabeça de Barack Obama

Depois de lançar estas e outras mensagens similares em suas contas do serviço de microblogging, sucedeu o que muitos estarão imaginando: o serviço secreto norte-americano abriu investigação aos usuários por ameaçarem Obama e a conta de um deles foi eliminada.

Essa é uma atitude que, ao contrário de ser considerada uma simples censura, revela o controle sobre o uso da Internet, que serviu a muitos de fonte de acusações e ataques anônimos.

Há pessoas que não medem o que dizem na Internet, sem saber que [ hoje em dia ] as palavras trazem consequências.

VIA

2 comentários:

Edson Dias disse...

A internet tem o mesmo poder que a voz no rádio e as imagens na tv, pois não diferentes destes outros meios, as palavras também influênciam.

Fabrício disse...

"Há pessoas que não medem o que dizem na Internet, sem saber que [ hoje em dia ] as palavras trazem consequências."

Certeza caro Nonato,se vc tiver oportunidade de ver os comentários em algumas notícia principalmente de futebol e política no jornal Opovo é de ficar horrorizado com a falta de respeito com próximo.