segunda-feira, 29 de março de 2010

Armando Nogueira. Alma doce deixa a Terra


A morte de Armando Nogueira é uma ausência a ser lamentada na comunicação. Criador do Jornal Nacional, na Globo, o jornalista era de um texto adorável, principalmente em suas crônicas sobre futebol, uma de suas paixões.

Quem com ele coniveu, diz ter sido uma pessoa doce, afável, de amizades muitas e talento enorme - como se pode comprovar pelo seu trabalho jornalístico.

Armando Nogueira é um nome que a história da televisão brasileira jamais esquecerá.

2 comentários:

Paulo disse...

Armando costumava dizer: "O rádio tem a vantagem de nos permitir fechar os olhos e sonhar".
MAIS:O jornalista deve criticar sem ofender,elogiar sem bajular(que sirva como lição para muitos dos nossos colegas)

José de Arimatéa dos Santos disse...

Que todos os times do futebol brasileiro passem a jogar o futebol brasileiro. Vejam o Santos Futebol Clube. Essa é a homenagem a esse grande jornalista.