segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Novidade: a Globo dá adeus ao 'teleprompter'


Quem mora no Ceará já deve ter visto as novidades na maneira de apresentação do noticiário local da emissora afiliada da Globo. O jornalista Hermann Hesse ensaia no ar, algumas mudanças como sair da bancada, ficar em pé e andar pelo set. No Rio, a informalidade vai mais longe: o RJTV vai retirar o 'teleprompter', o monitor de onde o apresentador lê as notícias.

Hoje, só a edição paulista do "Globo Esporte" não tem TP. Outras emissoras testaram o recurso caso da Cultura, em 2007, mas abandonaram a ideia após sucessivos erros no ar.

O crítico da Folha considera ser uma atitude ousada e desafiadora e que caberá ser bancada pela Ana Paula Araújo. Ela terá ajuda de comentaristas, com o enfoque popular, na prestação de serviço.

A emissora, também, elege o tema da segurança como ítem de destaque nos noticiários, a ponto de contratar o ex-capitão do Bope, Rodrigo Pimentel, autor de "Elite da Tropa", para falar sobre segurança pública.

Um comentário:

Paulo disse...

Trata-se de um avanço,sem dúvida.Mas,é preciso que se tenha apresentadores inteligentes,envolvidos com a notícia. Caso não seja assim...